Vivo irá construir USINA SOLAR em São Lourenço do Sul

Vivo irá construir USINA SOLAR em São Lourenço do Sul

Ainda antes do final do ano, a Vivo conseguiu inaugurar, em Uruguaiana, sua primeira usina (FOTO CAPA) de geração distribuída de energia na Região Sul.

A novidade estreia agora no Estado, mas a operadora de telecomunicações já soma 20 desse tipo no país.

Construída em parceria com a empresa SolarGrid, a “fazenda” Uruguaiana IV vai injetar energia na rede da companhia de distribuição RGE para suprir o consumo de cerca de 200 unidades consumidoras da Vivo no Rio Grande do Sul, como lojas, escritórios, antenas e equipamentos de transmissão.

A iniciativa integra a estratégia da empresa para ampliar a produção própria de energia a partir de fontes renováveis. Das 83 usinas do programa de geração distribuída da Vivo previstas para o Brasil, sete serão em solo gaúcho, todas de fonte solar.

Desse total, duas serão em Uruguaiana, duas em São Borja e a outra em Barra do Quaraí, em parceria com a SolarGrid. As outras duas serão construídas e operadas pela empresa Helexia, em São Lourenço do Sul e São Jerônimo. Juntas, vão produzir 48.443 MWh/ ano e atender 1,7 mil unidades consumidoras da Vivo no Estado. A implantação é feita por empresas parceiras, com a contrapartida de contratos de longo prazo.

Desde 2019, a Vivo usa energia 100% renovável em suas operações, que obtém no mercado livre ou em geração distribuída. A empresa ainda adquire certificados de energia, os I-RECs (International Renewable Energy Certificates) de fonte eólica para o restante do consumo. O uso de energia renovável contribuiu para que a empresa reduzisse em 70% as suas emissões de gás carbônico em relação a 2015.

Pin It on Pinterest