Reunião do CAPEC: Prejuízos de R$ 226 mi e solicitação de Estado de Emergência devido à estiagem

Reunião do CAPEC: Prejuízos de R$ 226 mi e solicitação de Estado de Emergência devido à estiagem

Na manhã desta quarta-feira (26), ocorrera a reunião do Conselho Municipal Agropecuário (CAPEC), junto a produtores, entidades ligadas à agricultura e pecuária, como a EMATER e Administração Municipal. Foram enumerados os números das perdas em virtude da estiagem no município de São Lourenço do Sul, com 20% no cultivo do fumo; 30% na soja; 38% no milho; 25% no leite; sem levar em conta as estimativas de verduras e gado de corte – um total de R$ 226 milhões em prejuízos.

Diante dos dados, será solicitado ao Estado do Rio Grande do Sul o DECRETO DE ESTADO DE EMERGÊNCIA. “Pelo que temos visto, já teria essa possibilidade”, disse o presidente do CAPEC, Sr. Enio Ritter. Agora, cabe o Estado homologar a solicitação, a fim da Administração Municipal e dos próprios agricultores acessarem políticas públicas.

Escute a entrevista:

Entrevista com o presidente do CAPEC, Sr. Enio Ritter

por São Lourenço Repórter | 26/01/2022

Pin It on Pinterest