MUNICÍPIO DECRETA SITUAÇÃO DE ALERTA: confira o que fica proibido no período

MUNICÍPIO DECRETA SITUAÇÃO DE ALERTA: confira o que fica proibido no período
Fica proibido o abastecimento e substituição de água de piscinas, a lavagem de veículos em geral, utilização de lava-jato doméstico, bem como lavagem de calçadas, telhados e similares. Infratores serão notificado pelos órgãos municipais, podendo ser aplicadas multas de acordo com a legislação vigente.

São Lourenço do Sul, que já está em situação de emergência homologada pelo Estado devido a estiagem, decreta situação de alerta devido ao baixo nível de água na barragem de abastecimento do rio São Lourenço. O decreto, assinado pelo prefeito, Rudinei Härter, na tarde desta sexta (25), considera o fato de que uma das principais medidas preventivas recomendadas para evitar a falta de água e, por conseguinte, as demais questões de saúde pública decorrentes da ausência de abastecimento, são evitar o desperdício de água.

O Decreto 5.846 de 2022 proíbe a utilização de água fornecida pela CORSAN para abastecimento e substituição de água de piscinas, para lavagem de veículos em geral, utilização de lava-jato doméstico, bem como lavagem de calçadas, telhados e similares. No caso de descumprimento, o infrator será notificado pelos órgãos municipais, podendo ser aplicadas multas de acordo com a legislação vigente.

Pin It on Pinterest