Seguindo a decisão de não realizar seus eventos oficiais, a Gestão Municipal optou por alterar a data do 34º Reponte da Canção, a exemplo do que aconteceu com o Show da Virada, Festival de Verão e Carnaval, eventos promovidos pelo Município que não ocorreram devido a alta de casos de Covid-19.

Apesar de não haver no momento proibição de eventos no Rio Grande do Sul, o Município tem optado por não realizar seus eventos, em virtude de todos eles serem de grande participação popular. Quanto ao Reponte, esperava-se um cenário mais próximo a normalidade em abril, porém, como ainda há número expressivo de casos a data foi alterada. Junto a isso, há necessidade de tomada antecipada da decisão, levando em consideração as agendas dos artistas que precisam de preparação para defender as composições e mesmo fazer os shows.

A decisão conjunta da Gestão Municipal e da Comissão Executiva do 34º Reponte da Canção, levou em consideração, ainda, o desejo de realizar o evento em uma situação de normalidade para que o festival seja retomado de forma grandiosa, digna de sua trajetória no cenário nativista gaúcho. Por isso, a escolha dos dias 04 e 05 de novembro observou as projeções de que nos próximos meses o país deixe a situação de pandemia passando para endemia e, assim, o Reponte tenha a dimensão merecida. 

Programação

A Comissão Executiva do Reponte mantém o trabalho que estava em andamento, objetivando manter a programação de shows que estavam previstos. Da mesma forma, segue inalterada a classificação das composições que foram triadas ainda em 2020, quando o festival foi transferido devido ao início da pandemia.