Conforme a portaria do novo valor do Piso Salarial Profissional Nacional para os Profissionais do Magistério Público da Educação Básica, assinada no início de fevereiro, com reajuste de 33,24%, maior correção salarial concedida à categoria desde o surgimento da Lei do Piso, em 2008, Governos Estaduais e Municipais precisam se atualizar. “Nós, buscando apoiar a classe do magistério, do quadro dos servidores públicos e agentes de saúde, encaminhamos as Audiências Públicas”, disse o vereador Paulinho Pereira (PSDB), convidando à comunidade a participar dia 23 de março da Audiência do piso do magistério e, dia 30 de março, a Audiência do quadro geral.

“O Governo Federal fez uma lei que é 33%, então todos os municípios tem que fazer esses reajustes”, reforçou o vereador Renan Hartwig (Progressista) ao São Lourenço Repórter na manhã desta quinta-feira (10), cobrando a Administração Municipal, uma vez que nenhum PL fora encaminhado até agora para a Câmara.

Denúncia às condições do Aterro Sanitário

Registro do Aterro Sanitário no Espinilho.

Na entrevista, os vereadores também abordaram uma visita realizada ao aterro sanitário de São Lourenço do Sul, localizado no Espinilho. “Através de denúncia; no contrato diz que existe algumas horas só que aquele lixo orgânico pode ficar no solo. E lá, a gente avistou muito mais do que isso. E a precariedade com os funcionários, sem EPIs, mau cheiro” – escute a entrevista na íntegra:

Entrevista com os vereadores Renan Hartwig e Paulinho Pereira

por São Lourenço Repórter | 10/03/2022