Com o ‘fim’ da safra do camarão, pescadores voltam suas atenções para a pesca da tainha

Com o ‘fim’ da safra do camarão, pescadores voltam suas atenções para a pesca da tainha

Com a proximidade do abril e, as águas da Lagoa dos Patos mais frias, a captura do crustáceo tende a ficar cada vez mais escassa – há indícios de grande concentração do camarão apenas na foz do Rio Camaquã (local de difícil acesso para embarcações, devido à grande concentração de tocos). “A captura do camarão pode-se dizer que acabou”, evidenciou o empresário do setor pesqueiro, Clodoaldo Vargas, ao São Lourenço Repórter nesta quarta-feira (30).

Contudo, as atenções dos pescadores artesanais na Lagoa, agora se volta à safra da tainha que vem com uma reivindicação do setor: muitas embarcações industriais vêm operando nestas águas, o que impacta diretamente no faturamento e rendimento da pesca artesanal. “São barcos preparados para pescar em alto mar. No raio de um quilômetro, eles conseguem identificar cardumes e quantidade. É uma covardia o que estão fazendo com os pescadores artesanais, eles estão ‘limpando’ a Lagoa dos Patos” – escute a entrevista:

Entrevista com o empresário do setor pesqueiro, Clodoaldo Vargas

por São Lourenço Repórter | 30/03/2022

Pin It on Pinterest