O presidente da União Lourenciana de Ciclismo, Dirceu Hartwig, esteve de quinta (7/04) a domingo (10/04), no estado do Rio de Janeiro acompanhando a Copa do Mundo de Mountain Bike, em Petrópolis. “O maior evento do esporte do pedal realizado no Brasil. Sem dúvida nenhuma foi uma expectativa superada. Mais de 20 mil espectadores no domingo”, evidenciou ao São Lourenço Repórter.

Brasileiro Henrique Avancini terminou na 13ª colocação.

Na competição, Henrique Avancini teve a melhor posição entre os brasileiros – terminou na 13ª colocação no cross-country olímpico (XCO). O suíço Nino Schurter foi o vencedor. Luiz Henrique Cocuzzi ficou em 31º e foi o segundo melhor brasileiro da disputa masculina. Ulan Galinski terminou na 38ª colocação. “Trazer um conhecimento muito grande que a gente adquiriu em termos de organização, em termos de receptividade”, confidenciou Hatwig.

Presidente da ULC Dirceu Hartwig ao lado de SIMOM BURNEY, Diretor Geral do Mountain Bike da UNIÃO CICLÍSTICA INTERNACIONAL (UCI).

Disputa feminina

Já no feminino, a melhor brasileira foi Raiza Goulão, que terminou na 31ª colocação, marcando 1h40m56s. Letícia Cândido foi a 40ª, enquanto Hercilia de Souza terminou em 42º. Luma Diniz Carvalho, Aline Simões, Paula Gallan e Stefanye da Silva também terminaram no top 50. Isabella Lacerda, melhor brasileira na Copa Internacional de Mountain Bike na última semana, foi a 51ª. A australiana Rebecca Ellen McConnell foi a vencedora, com 1h29m41s.

Presidente da ULC Dirceu Hartwig ao lado da fotógrafa, videorrepórter, ciclorrepórter e cicloativista RENATA FALZONI.

Entrevista com o presidente da União Lourenciana de Ciclismo, Dirceu Hartwig

por São Lourenço Repórter | 11/04/2022