DESCASO: 12 linhas sem contrato; as demais sem receber; alunos longe da escola

DESCASO: 12 linhas sem contrato; as demais sem receber; alunos longe da escola

Doze linhas do transporte escolar da rede estadual de ensino não estão operando por falta de contratualidade – as que operam, trabalham sem receber desde o dia 21 de FEVEREIRO. Alunos da Escola Técnica Estadual Santa Isabel (ETESI), Escola Ensino Médio Rodolfo Bersch, I.E.E. Dr. Walter Thofehrn e Escola Estadual Cruzeiro do Sul, são os mais prejudicados. SOMENTE nos dois educandários do interior, MAIS DE 300 ALUNOS ESTÃO SEM TRANSPORTE ESCOLAR.

‘DESCASO’, atenta o empresário do setor, Sérgio Leandro Corrêa. “Teve licitação, as empresas mandaram a documentação há mais de 30 dias e não vem liberação para o início do transporte. Um descaso muito grande por parte do Estado. A gente tenta entrar em contato, ninguém te atende. Eu vejo um descaso total”, disse em entrevista ao São Lourenço Repórter na manhã de hoje (20).

Quanto aos PAGAMENTOS, a realidade é que, quem ainda tem contrato, não viu a cor do dinheiro: “O pagamento também é uma vergonha. A gente já tá com 20% do ano trabalhado, nas linhas que estão funcionando, trabalhando desde fevereiro e até hoje não recebemos um centavo”. Questionamos se a Secretaria da Educação RS (SEDUC) deu alguma resposta à categoria!? “Nada, não falam nada; nos ignoram totalmente. Parece que estão em outro planeta”.

Agora, até o prefeito Rudinei Härter (PDT) entrou na discussão, e vai levar o tema ao MINISTÉRIO PÚBLICO: “Existe uma necessidade de ação, para que o Estado cumpra a sua parte. Eu vou fazer uma intervenção através do Ministério Público”.

Já não bastasse a pandemia, agora somos obrigados a conviver com tal ABSURDO E TOTAL DESCASO!

Escute as explanações:

Entrevista com o empresário do setor, Sérgio Leandro Corrêa e prefeito Rudinei Härter

por São Lourenço Repórter | 20/04/2022

Pin It on Pinterest