São Lourenço do Sul comemora 138 anos de emancipação política

São Lourenço do Sul comemora 138 anos de emancipação política

Nesta terça-feira (26), São Lourenço do Sul comemora 138 anos de emancipação política. E aqui o reconhecimento de toda equipe do São Lourenço Repórter – PROGRAMA que leva no NOME, o respeito, a história, a admiração e o carinho pela ‘Perola da Lagoa dos Patos’!

Isso é História

Uma longa história que começou há muito tempo. Antes da colonização, o representante da coroa portuguesa, Rafael Pinto Bandeira, desde 1776, já possuía uma faixa de terras na costa da Lagoa dos Patos, porém nunca fixando residência nelas.

A Colonização

Em 1850 o Cel. José Antônio de Oliveira Guimarães, proprietário da Fazenda São Lourenço, doou parte das terras para uma nova povoação e, em 1858, firmou contrato comercial com o prussiano Jacob Rheingantz, iniciando-se, então, a colonização alemã-pomerana na região. Em 1877, ano da morte de Rheigantz, a colônia já tinha um total de 52 mil hectares e mais de 6 mil moradores entre imigrantes e descendentes.

A crescente economia da colônia, devido a produção de batata dos então pescadores pomeranos, durante o século XIX e parte do século XX, fez com que a Freguesia de Boqueirão fosse considerada vila e emancipada de Pelotas em 26 de abril de 1884, e a sede do novo município foi passada para São Lourenço em 15 de fevereiro de 1890.

Atualidade

Na atualidade, São Lourenço do Sul possui belas praias que seduzem turistas de diversas partes do globo, atraidos por hotéis, pousadas, cabanas, o camping municiapal e a rede gastronômica. Contudo, o forte da nossa economia, não esquecendo da pesca artezanal, continua sendo o setor rural, atrelado a pecuária e a agricultura familiar, através da cultura e produção do fumo, leite, carne, arroz e soja.

Pin It on Pinterest