Entraram em contato com a redação do São Lourenço Repórter na manhã desta quarta-feira (22), para uma reivindicação oportuna: se antes o transporte escolar não era realizado devido à falta de contratualidade do Estado RS, agora, as estradas vicinais municipais, impedem o translado. Pelo menos como mostra esse registro em Pinheiros, onde ônibus, não tem mais condições de seguir caminho.

Alunos da Escola Técnica Santa Isabel (ETESI), são os mais afetados – pais e moradores da região têm tentado solucionar o drama com as próprias mãos. “Estamos precisando da ajuda de vocês. As estradas estão sem condições de tráfego de ônibus escolar para ETESI. Primeiro não tinha transporte para os alunos, e agora que o transporte escolar para ETESI normalizou, o ônibus não tem mais como fazer o trajeto por Pinheirinhos e Faxinal. Principalmente próximo divisa. Antes o transporte era problema do Estado, e agora, será que alguma autoridade Municipal pode nos ajudar? Falta cascalho e tem um borrachudo que não está possibilitando a passagem do ônibus, pois fica encostando no fundo do veículo. Teve lugares que já fizemos com o trator e plaina, mas agora falta cascalho e, por isso precisa ser com a Prefeitura”, disse Dona J.G..