VANDALISMO: Placa de “Proibido Banhar-se” é quebrada duas semanas após tragédia

VANDALISMO: Placa de “Proibido Banhar-se” é quebrada duas semanas após tragédia

A placa com os dizeres “ATENÇÃO: CANAL PROFUNDO – Proibido Banhar-se”, foi quebrada por vândalos, duas semanas após a tragédia que vitimou Lucas Stermiescki da Cunha, 17 anos de idade. Na noite desta terça-feira (24), o registro da placa escorada em uma pedra.

No dia 10/01/2023, Lucas, natural de Rosário do Sul, se afogou na foz do Arroio São Lourenço enquanto tomava banho.

Pin It on Pinterest